fevereiro 14, 2020

A importância do seguro de Transporte de mercadorias também nas inundações

A capital paulista registrou a maior chuva constante dos últimos 68 anos para um mês de janeiro. Em apenas 24 horas, o volume d´água chegou a 115 milímetros (mm), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Como impacto direto, surgiram diversos pontos de alagamento nas ruas, inundações de casas e desmoronamentos, gerando caos por toda cidade. Porém, não são apenas os cidadãos que sofrem com um cenário desses, mas também o setor de transportes de mercadorias.

Vias alagadas, caminhões parados e até mesmo águas sujas e contaminadas colocam em risco a integridade dos bens transportados, parcial ou integralmente. Por isso, é extremamente relevante salientar a necessidade e importância da contratação de um seguro, estejam as mercadorias em circulação ou não.

O seguro de Transporte Nacional Rodoviária com ‘cobertura Ampla A’ possibilita ao segurado ser reembolsado em caso de perdas provocadas por calamidade pública. Isso envolve os caminhões impossibilitados de seguir viagem por obstrução das vias que foram atingidos pelo excesso de água, ou por roubo devido ao aumento da exposição da carga parada.

Importante destacar que se o segurado ou seus prepostos tiverem conhecimento de tais condições de inavegabilidade ou inaptidão no momento em que o objeto segurado é embarcado (seja por notificações nas mídias públicas, jornalísticas, sociais, televisivas), a seguradora preservará seu direito ao não atendimento do sinistro reclamado. Assim como o simples atraso, mesmo que ele seja causado por risco coberto, também não é previsto na apólice de Transportes.

Ainda na modalidade de Transporte Nacional Rodoviário, caminhões parados por força maior nas vias congestionadas, aumentando a exposição de violência e roubos, também possuem amparo desde que as ações não sejam caracterizadas como vandalismo, ou entrega da mercadoria. Todos as medidas protecionais devem ser adotadas e gerenciadas nesta situação, impreterivelmente. Vale lembrar que grevistas, trabalhadores em “lock-out”, pessoas participantes de distúrbios trabalhistas, tumultos ou comoções civis são itens excluídos da cobertura.

Para os transportadores, que são aqueles que transportam a mercadoria de um terceiro, a apólice de RCTR-C possui cobertura securitária para alagamentos apenas se tiverem contratado a cobertura adicional para avarias.

Já para um possível roubo por impossibilidade de movimentar o veículo na via obstruída, deve ser contratado o adicional para roubo parcial, pois do contrário a cobertura de roubo prevista na apólice de RCF-DC é de roubo total, concomitante ao roubo do veículo.

Apesar de ser redundante, é valido ressaltar a segurança que a contratação de um seguro fornece ao segurado. Em um eventual sinistro, a empresa pode ter todo o seu capital envolvido por reposição do bem avariado ao seu cliente/operação.

Já pensando em perdas provocadas por alagamento dentro dos armazéns, vale a pena esclarecer que estes danos deverão ser analisados pelo seguro de Property, e não pela apólice de Transporte Nacional, salvo da exceção de quando for contratado a operação de cross docking. Este adicional na apólice de Transporte Nacional prevê a permanência da mercadoria no interior de pátios e armazém previamente analisados antes do início do risco por um curto período para atendimento da logística do segurado.

Em muitas operações de crossdocking – quando o caminhão permanece carregado dentro do armazém por questões de logística do cliente (e das quais foram previamente analisadas quando da contratação da apólice) – as mercadorias também podem ser danificadas em consequência das enchentes das ruas.

Porém, é importante destacar que a inundação decorrente de água proveniente do próprio imóvel do segurado ou outro edifício que seja integrante do local não está amparado pela apólice de Transportes. Nesse caso, os armazéns devem possuir comprovadamente as medidas protecionais para aceitação da cobertura na apólice, onde nesta situação o beneficiário é o segurado e não o armazém.

Por
Vanessa Mendonça, Diretora de Marketing do CIST e Underwriter de Transportes na Argo Seguros
Noticias , ,
About admin
Trade Vale Seguros

Criatividade. Este tem sido o nosso instrumento de trabalho.
A TRADE VALE SEGUROS é uma corretora que dedica seu dia-a-dia à construção de soluções para seus clientes, sejam eles transportadores ou embarcadores em todo território nacional e internacional.

Contatos
R. Estela, 515 Bloco G • 3º Andar • Vila Mariana • São Paulo SP
+55 11 5573-4498